Menu Mobile

 

 
Fechar galeria
IPB LOGO

SANTIFIQUE O SENHOR E SEJA SANTIFICADO NA ORAÇÃO!

Essa pergunta é uma das últimas desse tão belo catecismo que foi elaborado por grandes mestres teólogos no século XVI e que hoje é usufruído pela igreja como uma fonte de grandes ensinamentos. O último grande ensinamento desse Catecismo menciona sobre a oração. A tratativa desse tema é tão importante que quase dez por cento do catecismo, dentre tantos outros temas, trata a seu respeito (das perguntas 178 a 196).

No texto em apreço os teólogos indagaram sobre o que é solicitado na oração que Jesus chama “Oração do Senhor”. Nessa oração, a primeira coisa que é declarada é que o nome de Deus é santificado e temos expostas as razões dessa santificação, declarada de forma maravilhosa no Salmo 8. Antes de expor os motivos destaca-se que foi o próprio Filho de Deus que mostrou aos seus discípulos como fazer essa bela declaração.

Sobre os motivos: em primeiro lugar está o reconhecimento da incapacidade do ser humano em ser santo como Deus. A partir disso, declara-se que o homem também é indisposto a buscar essa santidade naturalmente. Nessa condição, o ser humano é incapaz de, por si só, conseguir honrar a esse Deus que é santo. É por isso que devemos atentar ao ensino do profeta Jeremias (14.21), que pede ao Senhor que “não nos rejeites, por amor do teu nome”.

Os teólogos passam então a orientar sobre como se deve buscar o conhecimento sobre Deus e assim estimar confessar sobretudo o que ele é: um Deus que sustenta (Salmo 9.3), protege (Salmo 9.9), governa e tantas outras coisas que ele mantém por conta do seu povo escolhido e para se fazer conhecido.

Após obter o conhecimento sobre quem é esse Deus, então é necessário que aquele que o conhece proclame aos outros sobre o Senhor, a exemplo do salmista que declara, no Salmo 51.15, “… e a minha boca manifestará os teus louvores” e a exemplo do Salmo 83.18, conforme se lê: “E reconhecerão que só tu, cujo nome é SENHOR, és o Altíssimo sobre toda a terra”.

Por último, mas não menos importante, os teólogos orientam para que os santificados orem pedindo ao próprio Deus que tenha misericórdia (Salmo 86.15) dos seus escolhidos para que estes não se desviem e que os fortaleça.

Compartilhe:

Novidades

Acesse as últimas pregações, aulas e estudos bíblicos

07/10/2021
1ª SEMANA DA FÉ REFORMADA DO PRRD
IBRAK PRRD

04/06/2021
1ª CONFERÊNCIA TEOLÓGICA REFORMADA
IBRAK PRRD

29/03/2021
CULTO DA RESSURREIÇÃO
IP Diadema

Igreja Presbiteriana do Brasil em Diadema -
Todos os direitos reservados.