Menu Mobile

 

 
Fechar galeria
IPB LOGO

A ORAÇÃO DO PAI NOSSO NA VIDA CRISTO

A oração cristã mais conhecida, em toda a história da igreja cristã, e com um alcance global, é a Oração do Pai Nosso, ou, em outros termos, a Oração do Senhor. Todas as ramificações da cristandade a usam em sua prática cristã, bem como em suas atividades litúrgicas. É de suma importância nós entendermos o lugar da Oração do Pai Nosso na vida cristã, e como usá-la.

Antes de tudo, é necessário analisarmos o contexto em que Jesus ensinou a Oração do Pai Nosso. Segundo o Evangelho de Mateus, o contexto em que se deu o ensino da Oração do Pai Nosso foi diante do pedido dos discípulos a Jesus, para que este os ensinasse a orar. Em um primeiro momento parece-nos estranho judeus pedindo para aprender a orar, pois os judeus do Primeiro Século tinham os padrões e referências de orações dos homens e mulheres de Deus do Antigo Testamento. Além disso, tinham os padrões de oração dos escritos rabínicos do Primeiro Século.

No entanto, os discípulos de Cristo sentiram a necessidade de aprender a orar porque a partir do momento em que tiveram um encontro com o Messias, muito de seus conhecimentos acerca de Deus foram reformulados, o que certamente impactou na maneira e forma como se relacionavam com Deus em oração. Logo, os discípulos de Cristo sentiram a necessidade de uma nova referência em oração. Para mais esclarecimento acerca deste ponto, é importante que se leia o Evangelho de Mateus no capítulo 6º, onde é tratado sobre este episódio.

O Catecismo Maior de Westminster nos instrui com muita equidade e profundidade, além de um teor coerente evidente. Nesse sentido o Catecismo Maior de Westminster, em sua 187ª Pergunta, nos ensina que a função da Oração do Pai Nosso é, antes de tudo, nos servir de modelo, de referência. Certamente, assim como os discípulos, nós precisamos de uma referência teológica em nossas orações. A Oração do Pai Nosso contempla tudo o que precisamos falar com Deus, ainda que de forma bem resumida, mas, bem definida em termos referenciais. Então, se você tem dificuldade de saber o que dizer a Deus, e como orar, comece usando a oração do Pai Nosso como referência.

Além de usarmos a Oração do Pai Nosso como referência, o Catecismo Maior de Westminster também nos insta a usar a Oração do Pai Nosso de forma literal, como foi escrita. Isto significa que podemos simplesmente repetir as palavras da Oração do Pai Nosso. Mas, Atenção! Não use a Oração do Pai como uma espécie de “mantra” ou “reza”, como uma simples repetição de palavras, sem o devido uso da razão e relação verdadeira com Deus. Se for repetir as palavras, que se faça com profunda consciência do que se está falando. Que seja com fé, e maturidade, não na esperança de que simplesmente por estar repetindo as palavras que será ouvido. Mateus 6 proíbe esta motivação. Por isso, use a Oração do Pai Nosso, seja como referência, seja literalmente, mas com fé e maturidade.

Compartilhe:

Novidades

Acesse as últimas pregações, aulas e estudos bíblicos

07/10/2021
1ª SEMANA DA FÉ REFORMADA DO PRRD
IBRAK PRRD

04/06/2021
1ª CONFERÊNCIA TEOLÓGICA REFORMADA
IBRAK PRRD

29/03/2021
CULTO DA RESSURREIÇÃO
IP Diadema

Igreja Presbiteriana do Brasil em Diadema -
Todos os direitos reservados.